UHE Igarapava
A Usina

A Usina Hidrelétrica de Igarapava, localizada no Rio Grande, a 400 km de Belo Horizonte e 450 km de São Paulo, com capacidade instalada de 210 MW, formada por 5 unidades geradoras tipo Bulbo, é considerado um grande marco para a geração de energia no Brasil. No âmbito nacional, Igarapava foi pioneira na utilização de grupos geradores tipo "Bulbo", desenvolvidos com o objetivo de tornar técnica e economicamente viável o aproveitamento de baixas quedas na geração de energia elétrica. Em virtude de suas características, esse tipo de grupos turbo-geradores proporciona uma maior produção de energia, devido ao seu melhor rendimento médio. Uma vantagem adicional, decorrente da escolha desse tipo de equipamento, foi a significativa economia nas obras civis, com ganhos expressivos nas fases de construção e montagem, exigindo prazos menores que os de uma solução convencional.

Política Ambiental

O Consórcio da Usina Hidrelétrica de Igarapava busca a utilização racional dos recursos naturais, através do levantamento dos seus potenciais, e de adequado planejamento de suas atividades, com vistas a alcançar contínuas melhorias que diminuam impactos adversos e resultem em benefícios para a sociedade, levando em conta o desenvolvimento tecnológico e as expectativas das partes interessadas, além de contribuir para a prevenção da poluição.

Estrutura Institucional

Em julho/94 constitui-se o Consórcio da Usina Hidrelétrica de Igarapava, que representou uma iniciativa inédita no Brasil. Em maio/95, através do Decreto nº 1.492, o Executivo Federal formalizou a transferência da concessão às empresas formadoras do Consórcio, o que permitiu o início das obras de implantação da usina em outubro/95.

Educação Ambiental

A Educação Ambiental se constitui numa forma abrangente de educação que se propõe atingir todos os cidadãos, através de um processo pedagógico participativo permanente.

Reservatório UHE

O reservatório possui apenas uma extensão de 36,5 km2, abrangido pelos municípios de Igarapava e Rifaina/SP - Conquista e Sacramento/MG. A bacia do rio Grande possui em média 44 espécies de peixes.

Newsletter
Endereço
Galeria

[+]

Voltar Contato Facebook

Desenvolvido por ZONA Elétrica