UHE Igarapava
Potencialidades da Região

"UMA CONTRIBUIÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DO TURISMO NO ENTORNO DO RESERVATÓRIO DA UHE IGARAPAVA"

CARACTERIZAÇÃO GERAL DOS MUNICÍPIOS DA ÁREA DE INFLUÊNCIA DA UHE-IGARAPAVA.

O reservatório da UHE Igarapava, situado no rio Grande, envolve parte dos municípios  de Sacramento e Conquista, em Minas Gerais, e Rifaina e Igarapava no estado de São Paulo. Sacramento e Rifaina são municípios que possuem maior desenvolvimento voltado para o turismo, por influência do grande lago da represa da Usina Hidrelétrica de Jaguara. Além desta característica, possuem pouca influência no reservatório da UHE Igarapava, pois representam, em média, 30% do seu entorno. Por outro lado, os municípios de Conquista e Igarapava possuem maior influência no reservatório, estando 70% do mesmo em seus territórios.

MUNICÍPIO DE RIFAINA

O município de Rifaina teve sua rede urbana deslocada em função da área de remanso da Usina Hidrelétrica de Jaguara. Esta usina, mais antiga que a UHE Igarapava, gerou, apesar dos impactos resultantes do alagamento, um reservatório de grande beleza cênica que há alguns anos vem atraindo a população da região. Esta atração tem gerado interferências positivas pela geração de divisas para o município e oportunidade de geração de emprego e renda para a população local.

Foram identificadas construções bem equipadas nas estruturas instaladas ao longo do reservatório, localizadas em Rifaina. Neste município foi implantada uma praia pública, utilizada por banhistas da cidade e turistas da região. São realizadas várias atividades de lazer no reservatório de Jaguara, como a pesca, o passeio de barco, jet ski, dentre outros.

 

Vista Aerea

Praia de Rifaina

Entardecer

Estação Ferroviária

Morro das Garças

Teatro de Arena

Praça Central

Centro de Informação ao Turista

 

MUNICÍPIO DE SACRAMENTO

Sacramento, apesar de sediar a Usina Hidrelétrica de Jaguara e parte do município margear o reservatório da Usina Hidrelétrica de Igarapava, tem como grande potencialidade turística o meio rural. A cidade, localizada em ambiente natural privilegiado, conta com formações geológicas de grande beleza. Possui belas cachoeiras, mas a grande atração turística atual do município é a Gruta dos Palhares, que possui infra-estrutura de apoio adequada ao fluxo de visitantes recebido.
Os cerca de 600 turistas que visitam a cidade a cada semana se deslocam principalmente em função do Centro Espírita Fé e Amor, localizado na divisa com o município de Conquista.

 

Vista de Sacramento

Desemboque

Igreja N.Srª do Desterro

Propriedade rural de D.Ivone Devos

Cachoeira do Azulinho

Usina Cajuru

Fazenda Nova Califórnia

Portal da Canastra

Cachoeira da Parida

Cachoeira João Inácio

Parque Náutico de Jaguará

Águas do Vale

Cachoeira Nascente das Gerais

Haras Zandonaide

Marinas de Jaguará

Acqua Minas

Gruta dos Palhares

ASA - Associação Sacramentana de Artesãos

 

MUNICÍPIO DE CONQUISTA

O município de Conquista localiza-se na região do Triângulo Mineiro, limitando-se com a região do Alto Paranaíba e com o estado de São Paulo. Está situado a 476 km de Belo Horizonte, e a 610 km da cidade de São Paulo. Com uma área total de 646 km2, faz limite com os municípios paulistas de Igarapava e Rifaina, e com os municípios mineiros de Uberaba, Sacramento e Delta. As cidades limítrofes que mais exercem influência em Conquista são Uberaba e Sacramento.

Segundo estudo realizado pela Caixa Econômica Federal de Conquista, a origem do município, como a de vários municípios do Triângulo Mineiro, está vinculada às fazendas resultantes da doação de sesmarias a pessoas que se destacavam no desbravamento do território.

A vila inicialmente formada foi aos poucos se consolidando com a influência do crescimento de um armazém destinado a abastecer os empregados da Estrada de Ferro Mogiana, hoje um importante atrativo turístico do município. Neste ponto de passagem, se estabeleceram imigrantes de várias origens, como portugueses, sírios e principalmente italianos.

As produções agropecuárias foram responsáveis pelo desenvolvimento do município, decorrentes da fertilidade de seu solo e facilidade de escoamento da produção agrícola para São Paulo e Goiás, através da Ferrovia Mogiana ou das estradas de rodagem.

As terras do município inicialmente foram utilizadas para a produção do café, mas posteriormente a cultura da cana-de-açúcar passou a ser o destaque. O município sofreu durante períodos da história de Minas Gerais com a crise do café e, posteriormente, com as quedas da cana-de-açúcar e do álcool etílico. Estas transformações foram responsáveis pelo grande êxodo rural, desde a década de 50.

A cidade possui imagem bastante agradável. A presença de valores, hábitos culturais e edificações de época fazem de Conquista uma cidade típica mineira, tranqüila e provinciana. O ritmo do desenvolvimento da cidade ao longo dos anos permitiu um crescimento pouco agressivo do centro urbano, conservando o estilo de vida interiorano.
Algumas edificações de importância histórica encontram-se restauradas e revitalizadas. Um exemplo é a Estação Ferroviária, patrimônio público, hoje uma atração turística do centro urbano de Conquista, atualmente utilizada pela Prefeitura.

Apesar da mineiridade, o município conserva características tradicionais de sua origem, influenciadas pelas culturas imigrantes, principalmente a italiana, fortemente presente. A produção de vinho artesanal, em propriedades rurais do município, ainda pode ser encontrada. No distrito de Guaxima são produzidos vinhos de uva Isabel, feitos artesanalmente no local. As fazendas produtoras comercializam o produto embalado nas próprias propriedades.

As características físicas do relevo favorecem as atividades agropecuárias, mas também a atividade turística. A paisagem cênica de Conquista, com a presença de remanescentes de vegetação natural, e o relevo predominantemente ondulado, oferecem atrativos para o visitante. Nesta paisagem, destaca-se a presença de cachoeiras potenciais para o uso turístico, além da grande beleza do rio Grande e do lago da represa da UHE Igarapava.

A religiosidade é também uma tradição local. Atualmente, o município recebe turistas que vêm visitar o Centro Espírita Fé e Amor, localizado no território de Sacramento, na divisa com o município de Conquista. A maior parte desses visitantes é proveniente de Uberaba, Ribeirão Preto e São Paulo.

Para o atendimento ao público do turismo religioso e para o meio rural, destaca-se a Pousada Alvorecer, que possui capacidade para atender 46 hóspedes. Esta pousada localiza-se na fazenda Santa Maria, e atende predominantemente o público visitante do Centro Espírita Fé e Amor e do Hospital Psiquiátrico, localizados bem próximo às suas instalações, no município de Sacramento.

 

Vista Panorâmica de Conquista

Centro Espiríta Fé e Amor
Santa Maria

Fazenda e conjunto ferroviário
Engenheiro Lisboa

Fábrica Artesanal de
chachaça P.O.

Vinícola Giacomo

Fazenda e conjunto ferroviário
Erial

Vinícola Cecília Lenza

Estação de Guaxima

 

MUNICÍPIO DE IGARAPAVA

O município de Igarapava localiza-se na região nordeste do estado de São Paulo. Está situado a 524 km de Belo Horizonte, e a 445 km da cidade de São Paulo.

Segundo informações do Inventário Turístico do Município de Igarapava, a região foi local de descanso e passagem dos bandeirantes rumo às minas dos Goyazes. Igarapava nasceu muito tempo depois, na fazenda Vargem Alegre.

Nesta propriedade, foi construída a Capela de Santa Rita do Paraíso, dando origem a um povoado de mesmo nome.

Posteriormente, o município de Santa Rita do Paraíso foi substituído por Igarapava, nome indígena que significa "porto das canoas" devido ao Porto de Ponte Alta. Esse porto era conhecido por Porto das Canoas, devido às várias canoas que auxiliavam na travessia do rio Grande.

Nos últimos anos, a cidade tem crescido lentamente. As atividades rurais, apesar de modestas, ainda são responsáveis pela sustentação da economia local.

A cidade possui comércio bem desenvolvido e edificações de grande importância, com arquitetura do início do século. Vários prédios e ruas centrais ainda conservam paralelepípedos artesanais da época de sua construção. Destaca-se o conjunto da vila operária da Usina Junqueira, composto por casas, igreja e museu de arquitetura da segunda década do século XX.

A fazenda Aliança, tradicional na produção da cachaça, atualmente possui apenas dois alambiques. A produção em alambiques artesanais oferece grande potencial para um roteiro de turismo rural. Soma-se a esta característica a presença de fazendas com benfeitorias e casarões potenciais para instalação de hotéis-fazenda.

As características físicas do relevo favorecem as atividades agropecuárias. Constatou-se alguns remanescentes de mata nativa nos picos dos morros e no entorno dos cursos d'água, entretanto, a monocultura da cana-de-açúcar, em predomínio, torna a paisagem pouco atraente.

Apesar deste fator limitante, o município conta, conforme informações do inventário turístico municipal, com recursos naturais de destaque, como cachoeiras, piscinas naturais, riachos, cavernas, escarpas e paredões potenciais para prática de rapel, trilhas para jipes e motos.

O grande potencial turístico de Igarapava encontra-se no rio Grande e no reservatório da UHE Igarapava. Na área deste município encontram-se ilhas de grande beleza.

A intenção das prefeituras municipais para fomentar o uso turístico no reservatório da UHE Igarapava e seu entorno já é uma realidade. Segundo os representantes municipais, alguns proprietários rurais do entorno do reservatório se interessam em investir no potencial de suas fazendas para transformá-las em empreendimentos turísticos. Entretanto, a população em geral, conforme análise dos municípios, é carente de recursos financeiros para maiores investimentos.

Os municípios de Igarapava, Conquista, Rifaina e Sacramento possuem semelhanças quanto a alguns aspectos como localização e vocação turística. Quanto ao nível de desenvolvimento do turismo, os municípios de Conquista e Igarapava têm em geral aspectos bastante semelhantes, principalmente pelo perfil socioeconômico destes. Da mesma forma, Rifaina e Sacramento possuem suas semelhanças quanto à realidade local.

 

Cine Teatro

Estação Ferroviária

Escola Agrícola

Ponte do Rio Grande

Escola Professor Martinho

Igreja Matriz

Casa da Cultura

Prainha do Rio Grande

Praça Rui Barbosa

Estação da Mogiana

Praça Sinha Junqueira

Igreja da N.Srª da Abadia

Sindicato Rural de Igarapava

Cachoeira João Paulo Bortoleto

Voltar Contato Facebook

Desenvolvido por ZONA Elétrica